Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2021

A colonização huguenote na Flórida e seu massacre - 1565

Todos conhecem a grande jornada dos peregrinos puritanos que chegaram a Massassuchessets em 1620, buscando liberdade religiosa longe da hegemonia anglicana. Esse marco histórico é quase sinônimo da fundação dos Estados Unidos, pois ali o primeiro assentamento inglês foi definitivamente estabelecido. Contudo, seria esse o primeiro assentamento europeu de forma geral, ou mais especificamente, seria a primeira vez que protestantes fugiam da perseguição de seus direitos religiosos? Conheça a história das expedições huguenotes na Flórida (1562-1565) e descubra como eles foram responsáveis pela fundação da primeira cidade norte-americana. Tensões na França  A Reforma francesa foi umas das mais turbulentas dentre as que ocorreram no século XVI. Enquanto a Inglaterra anglicana caminhava para a paz religiosa após instabilidade interna e os estados alemães luteranos conviviam em harmonia através da Paz de Augsburg (1555) e sua política de tolerância condicional, a França se via afundada em apar

O vilarejo huguenote que salvou judeus do Holocausto e desafiou o nazismo

US Holocaust Memorial Mouseum, 1941. Chambon-Sur-Lignon é um pequeno povoado localizado no sudeste da França, no alto do rio Loire e próximo da fronteira com a Suíça. A comuna ao sul possui hoje em torno de 2600 habitantes e na década de 40 tinha pouco mais de 3000. Desde o século XVI a cidade era tradicionalmente huguenote, estando nos territórios de influência protestante durante as Guerras Religiosas (1562-1598).  Em 25 de dezembro de 2020, o austríaco Eric Schwam faleceu aos 90 anos e deixou a enorme quantia de 2 milhões de euros  (12,6 milhões de reais) como doação ao vilarejo, símbolo de sua gratidão. Mas o que teria movido o farmacêutico aposentado a esse ato? Hoje você verá como a hospitalidade e a empatia transformam pequenos povos em grandes resistências contra a morte e a tirania. Os horrores da guerra A Segunda Guerra Mundial (1939-45) foi o conflito mais sangrento da humanidade. As estimativas são de 75 milhões de mortos , sendo 30 milhões apenas de civis mortos devido a

APOSTASIA - É possível perder a salvação?

Esse é um assunto muito presente nas discussões teológicas, principalmente por envolver o velho conflito Armianismo x Calvinismo. Eu quero refletir, contudo, na compreensão histórica sobre apostasia. Como ela era vista na igreja? Qual a posição reformada sobre o assunto? O que as Escrituras nos testificam sobre o grande pecado de deixar a Cristo? É o que veremos. Apostasia - Ato de abdicar de continuar a seguir, obedecer ou reconhecer uma fé religiosa ( Merriam-Webster Dictionary ). Trabalhai vossa salvação "De sorte que, meus amados, assim como sempre obedecestes, não só na minha presença, mas muito mais agora na minha ausência, assim também operai a vossa salvação com temor e tremor"  (Fp 2:12). A mensagem do apóstolo parece clara: Temos o dever de operar nossa salvação, para que ela seja assim aperfeiçoada. Esse versículo é colocado ao lado de outros que indicam julgamento por obras (Rm 2:6; 2 Co 5:10), especialmente em 1 Pedro 1:17:  "E, se invocais por Pai aquele q

CONFISSÃO FRANCESA DE LA ROCHELLE (1559)

  A Confissão Francesa de 1559, também chamada Confissão de La Rochelle ou Confissão Gálica foi composta pelo próprio João Calvino e seu pupilo De Chandieu, possivelmente com a ajuda de Theodore Beza e Pierre Viret. Após a primeira igreja francesa oficialmente calvinista em 1555, instalada na capital em Paris com os moldes da comunidade protestante de Estrasburgo fundada por Bucer e Calvino em 1538, contaram com o auxílio de Genebra pra formalizar seus artigos de fé, compostos pelo proeminente reformado João Calvino, refugiado francês instalado na Suíça. Foi revisada e aprovada pelo sínodo reformado parisiense em maio de 1559, sendo apresentada inicialmente ao monarca Francisco II em 1560, contando com um pedido pelo cessar da perseguição. Após sua morte foi apresentada no ano seguinte por Beza a seu sucessor Charles IX, em Poissy. Foi adotada oficialmente pelo Sínodo de La Rochelle em 1571 e foi solenemente sancionada pelo monarca criado como huguenote, Henrique IV. O original em fra